Busca  
Curiosidades

Bar Luiz


Existem registros de que há pelo menos 6.000 anos os sumérios já produziam o chopp para oferecer à deusa "Nina".
Fonte: Manual da Real Academia do Chopp - "Brahma" para
treinamento de chopeiros.

Desde a fundação da Manufatura de Cerveja Brahma, Villiger e Companhia em 1888, o Bar Luiz só comercializa produtos Brahma.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O Bar Luiz foi fundado em 1887 na Rua da Assembléia nº 102, com o nome de "Zum Schlauch", nome que, segundo Luiz Edmundo, fazia referência ao formato de "tripa", ou "corredor" que o prédio possuía.

Fonte: "História Alegre do Bar Adolph comemorando o seu
meio centenário." 1937.

O primeiro nome do Bar Luiz, "Zum Schlauch", em alemão significa "A mangueira", numa alusão a Serpentina, espécie de mangueira por onde passa o chope saído dos barris, em direção as torneiras.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O segundo endereço do Bar Luiz foi a Rua da Assembléia nº 105, mudança ocasionada por dificuldades no acordo do aluguel. Junto com esta mudança altera-se o nome do Bar para "Zum Alten Jacob", em homenagem "Ao velho Jacob".

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Adolph Rumjaneck, o segundo proprietário do Bar Luiz, era afilhado de Jacob Wendling e iniciou seu trabalho na casa como Caixeiro. Rapidamente foi alçado ao cargo de gerente e, com o afastamento do velho Jacob, estabeleceu-se como proprietário.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Ao contrário do que diz a fama da casa, o Bar Luiz não é um bar alemão, pois foi fundado pelo brasileiro Jacob Wendling, filho de suíços e natural de Petrópolis.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Em 1915, por força de uma lei que proibia a utilização de nomes estrangeiros nos letreiros das casas de comércio, o Bar altera seu nome de "Zum Alten Jacob" para "Bar Adolph" em homenagem ao proprietário, Adolph Rumjaneck.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O Bar Adolph era conhecido como "Braço de Ferro" em função do talento de Adolph Rumjaneck para a Queda de Braço, esporte que disputava em uma mesa de mármore, especialmente colocada nos fundos do seu estabelecimento para esta finalidade.

Fonte: "História Alegre do Bar Adolph comemorando o seu
meio centenário." 1937.

Apenas em 1927 o Bar Luiz, que na época atendia pelo nome de "Bar Adolph", instala-se na Rua da Carioca nº 39, local onde permanece até os dias atuais.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Quando o Bar Adolph mudou-se para a Rua da Carioca, o sobrado foi arquitetado para abrigar o escritório da casa. Sua decoração em estilo colonial alemão ainda hoje pode ser identificada.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O prédio na Rua da Carioca nº 39 é de propriedade da Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência e foi alugado, inicialmente, em nome da Companhia Cervejaria Brahma, que sublocou o prédio para o Bar Adolph, em 1927.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O Bar Luiz é uma referência no estilo arquitetônico Art Déco na cidade do Rio de Janeiro constando, inclusive, do Guia de Arquitetura da Cidade, elaborado pela Prefeitura do Município.

Fonte: CZAJKOWSKI (org.) "Guia da Arquitetura Art Déco no Rio de Janeiro/Centro de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro".Rio de Janeiro: Casa da Palavra: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, 2000.
(Guias da Arquitetura do Rio de Janeiro).

As obras que modelaram o edifício da Rua da Carioca em estilo Art Déco propiciaram ao Bar Luiz dispor de duas fachadas em seu sobrado: uma interna em estilo neoclássico, e outra no estilo déco.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Na década de 1980 o Bar Luiz lançou o "Cartão de Identidade Amigo do Bar Luiz". Esta Identidade dava ao portador o direito ao "chopp mais gelado, atendimento personalizado, ao garçom de sua preferência, e bater papos de fossa e a viver aqui os seus momentos de alegria". O cartão era pessoal e intransferível!

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Durante a IIª Guerra Mundial, estudantes exaltados do Colégio Pedro II tentaram destruir o "Bar Adolph" por achar que se tratava de uma alusão a Adolf Hitler. Os alunos foram demovidos da idéia graças ao discurso do famoso compositor Ary Barroso, cliente da casa.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

As cores bege e verde que recobrem as paredes do Bar Luiz foram aplicadas na década de 1940, para fazer uma alusão a nacionalidade brasileira dos proprietários da casa, que então atendia pelo nome de "Bar Adolph".

Fonte: JAGUAR. Confesso que Bebi.Rio de Janeiro:
Record, 2001.

A diferença entre Bar, botequim e restaurantes está basicamente na cozinha e nos pratos que são servidos, sendo que botequins são casas de venda quase exclusiva de bebidas, geralmente acompanhadas de aperitivos.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

No passado não existia a figura legal do restaurante, então as casas que comercializavam comida eram administradas por uma firma e em seu letreiro carregavam o nome que melhor caracterizava o seu comércio, como leiterias, armazéns, bares, cafés e confeitarias...

Fonte: GRILLO, J. A. "Bar Lagoa: memória do Rio Antigo".
Rio de Janeiro: Quickgrafic, 2002. p: 33

O Bar Luiz e o Bar Lagoa foram os únicos estabelecimentos do Rio de Janeiro que, mesmo após a regulamentação do comércio de restaurantes, mantiveram em seu nome a designação "Bar", título pelo qual eram conhecidos.

Fonte: GRILLO, J. A. "Bar Lagoa: memória do Rio Antigo".
Rio de Janeiro: Quickgrafic, 2002. p: 33

Nos primórdios da casa, para atender a uma clientela de paladar sensível, o Bar Adolph colocava à disposição dos seus clientes um "esquentador de chopp": objeto de metal preenchido com água quente e pendurado por uma alça na parte interna do copo.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Diz a tradição oral que, para livrar-se das ressacas advindas de seus hábitos boêmios, Adolph Rumjaneck lançava mão de um ozonizador: inalando o ar produzido pelo mesmo, evitava os efeitos colaterais que o excesso de bebida lhe causava.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Dentre os registros de funcionários do Bar Luiz consta, em 1961, a contratação de um peculiar funcionário: a cadela "Katie". Seu ofício consistia da vigilância do prédio, e sua remuneração era em forma de casa e comida.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Em 1985, por pressão da Sociedade de Amigos da Rua da Carioca e Adjacências (SARCA) o Corredor Cultural do Conjunto Arquitetônico da rua da Carioca é tombado como Patrimônio Histórico do Estado do Rio de Janeiro.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O Guia "Rio Botequim" foi criado em 1998 com o objetivo de elencar 50 dos principais bares da cidade. Desde sua primeira eleição o Bar Luiz figura entre as 5 principais casas no ranking de melhor chope, aperitivo, culinária, garçom e botequim.

Fonte: "Rio Botequim". Rio de Janeiro: Editora Casa da Palavra: Memória
Brasil Projetos Culturais. Versões: 1998, 1999, 2000 e 2001.

O Bar Luiz há mais de 10 anos sobe a serra da cidade de Petrópolis e abre uma filial na Festa do Colono Alemão no Palácio de Cristal. A Bauernfest é um evento promovido pela Prefeitura que acontece sempre nos meses de junho, relembrando os primeiros povoadores da cidade Imperial e sua cultura típica.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O Bar Luiz possui um acervo histórico que inclui, dentre outros documentos, fotos da sua trajetória e do Rio Antigo. Algumas destas imagens encontram-se em exposição nas paredes do Bar, na rua da Carioca, nº39.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Alguns funcionários do Bar Luiz já são considerados patrimônios da casa, como os garçons Oliveira, Brenlla (Manolo) e Loyola, que atuam na casa desde a década de 1970, juntamente com o gerente da noite, Jurandir Gomes, na casa desde os 17 anos de idade.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O novo filme de Nelson Pereira dos Santos "Raízes do Brasil: uma cinebiografia de Sérgio Buarque de Holanda" utiliza duas fotos históricas do Bar Luiz para ambientar a vida boêmia de Sérgio: nosso aniversário de 50 anos e uma foto com um garçom na década de 1930. 

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Bebida

Existe uma lei de pureza que regulamenta a produção de cervejas no mundo: a "Reinheitsgebot". Criada em 1516 pelo Duque Guilherme IV da Baviera, a lei prevê que na produção da cerveja deve-se utilizar, exclusivamente, o malte, a cevada, o lúpulo e a água. Posteriormente o fermento foi acrescentado.

Fonte: SANTOS, Sérgio de Paula. "Os Primórdios da Cerveja no Brasil".
São Paulo: Ateliê Editorial, 2003. p:47-48.

Culinária

Em seus primórdios o Bar Luiz, então "Zum Schlauch", oferecia aos seus clientes aperitivos como almôndegas, salsichas e vegetais, dentre os quais couve-flor, cebolas e pepinos, curtidos em potes de vidro no vinagrete e armazenados na parte de trás do balcão.

Fonte: "História Alegre do Bar Adolph comemorando o seu
meio centenário." 1937.

A famosa receita da salada de batatas do Bar Luiz foi introduzida na década de 1930 por Ana Vöit, esposa do proprietário, que imprimiu ao Bar o perfil de restaurante, que permanece ainda hoje.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O jornalista Sérgio Cabral, cliente fiel da casa atestou: nem mesmo na Alemanha encontra-se uma salada de batatas tão saborosa como a do Bar Luiz!

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Por mais de 35 anos, o Harenq Marinado, prato composto por um filé de peixe ao molho vinagrete acompanhado por cebolas e alcaparras, permaneceu no cardápio do Bar Luiz. O prato estava presente no bar desde sua fundação, e foi muito consumido no final do século XIX. Mas, com o passar dos anos tornou-se pouco requisitado, motivo pelo qual foi retirado do cardápio.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

O famoso "prato alemão" foi criado pelos funcionários da casa que solicitavam ao cozinheiro que lhes preparasse um misto das especialidades alemães, apelidado de "sete". O prato agradou tanto que foi incluído no cardápio, tornando-se sucesso entre os clientes.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Com receio de que o arroz pudesse concorrer com a tradicional salada de batatas na preferência do público para acompanhamento dos pratos de carne, durante boa parte de sua existência como restaurante o Bar Luiz não possuía este prato em seu cardápio.

Fonte: Bar Luiz Ltda.

Fale conosco - Franquias
Bem-Vindo ao Bar Luiz
Notícias
A História do Bar Luiz
Galeria de Fotos
Livro de Ouro
Curiosidades
Cardápio
Clipping
Indique este site
Envie um Postal
Fale Conosco
Fale conosco - Franquias
Bar Luiz • Rua da Carioca, 39 • Centro • Rio de Janeiro • Telefone [21] 2262-6900

Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/barluiz/public_html/admin/inc_index.php3 on line 77

Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/barluiz/public_html/admin/inc_index.php3 on line 91

Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/barluiz/public_html/admin/inc_index.php3 on line 98